PUBLICAÇÕES

Pesquisa Relação Família-Escola: Estudos de Casos de Redes

O relatório mapeia e dissemina práticas de aproximação entre as famílias e a escola. Para isso, o Itaú Social e o Plano CDE fizeram uma pesquisa qualitativa com cinco redes municipais e uma rede estadual em diferentes regiões do país: Americana (SP), Resende (RJ), Rio Branco (AC), São Bento do Sul (SC), Juazeiro do Norte (CE) e a rede estadual de Goiás. Foram entrevistados gestores das redes, gestores escolares, pais, professores e alunos do Ensino Fundamental com a finalidade de descobrir quais os desafios da relação família-escola, o que tem sido feito para melhorar esta questão e quais são as necessidades dos pais e alunos.

Pesquisa Nacional sobre Organizações da Sociedade Civil de Juventudes Negras

A pesquisa, realizada em parceria com o Observatório de Favelas, consolida um painel abrangente de organizações que atuam pela afirmação e garantia de direitos dos jovens negros no Brasil. Para catalogar e categorizar as instituições, foram ouvidos representantes de diferentes entidades, assim como estudiosos e ativistas do tema em todo o país. A partir do levantamento de 200 instituições, construiu-se o universo da pesquisa em profundidade, composto por 40 entidades responsáveis por 63 projetos.

Estudo sobre Voluntariado Corporativo Empresarial no Mundo

Para conhecer mais de perto as experiências em voluntariado empresarial, que sejam inspiradores para o Programa de Voluntariado Itaú Unibanco, foi elaborado, em parceria com a equipe da pesquisadora Mónica Galeano, um mapeamento de boas práticas no Brasil e no mundo. A pesquisa abrange inovação na gestão, voluntariado digital e estratégias de organização, mobilização através de comitês locais, tipos de atividades e tecnologias para monitoramento. Foi analisada a repercussão do voluntariado nos públicos externo e interno das companhias, e o valor da atividade para além do eventual aspecto econômico que lhe atribuem. De um universo inicial de 107 empresas, foram selecionadas 47, de todos os continentes, para as entrevistas finais.

Pesquisa sobre Atuação em Rede de Organizações da Sociedade Civil (OSCs)

A pesquisa, realizada em parceria com o Laboratório de Estudos do Setor Público (LESP/UNICAMP), sistematiza e analisa conhecimentos sobre redes de OSCs voltadas para o desenvolvimento social, com foco na educação de crianças, adolescentes e jovens. O estudo inicial de vinte experiências, que considerou as várias formas de arranjos, permitiu traçar o perfil de atuação das redes conforme o nível de governança estratégica e a atuação de base/local. A partir dessa classificação, a pesquisa de campo foi realizada com a Rede de Educação Integral e a Rede Amiga da Criança, de São Luís (MA), e a Rede de Educação Integral de Vargem Grande (MT).

Consórcios Públicos: Estratégias e Mecanismos de Gestão para a Continuidade das Políticas Públicas

O documento identifica propostas de consórcios públicos que favorecem a sustentabilidade da cooperação intergovernamental. Realizado pelo Itaú Social em parceria com a Fronteres Pesquisa e Formação em Gestão e Políticas Públicas, mapeou a base de dados dos consórcios existentes no Brasil, a partir do qual foi realizado estudo aprofundado de três casos: CIESP – Consórcio Intermunicipal de Especialidades (MG), Consórcio Portal Sul (PE) e AMAUC – Associação de Municípios do Alto Uruguai Catarinense (SC).

Panorama das Organizações da Sociedade Civil de Atuação Socioeducativa

O panorama, realizado em conjunto com o Centro de Empreendedorismo Social e Administração de Organizações do Terceiro Setor (CEATS), pesquisou as características e o funcionamento das organizações da sociedade civil parceiras do Itaú Social. O questionário estruturado foi enviado a sete mil instituições, obtendo-se um universo respondente de 775 organizações. Deste grupo, 21 foram selecionadas para entrevistas em profundidade, tendo como critério a distribuição geográfica e a diversidade de orçamento e público atendido.

Análise de Implementação do Programa de Tutoria nas Redes Municipais de Educação de Manaus e Sobral

O estudo tem foco na análise da implementação do Programa Tutoria (realizado pelo Itaú Social até 2017), verificando a forma como foi concebido e estruturado, mas fundamentalmente se o trabalho realizado foi apropriado pelas secretarias e escolas municipais. Para isso, foram abordados diferentes momentos da iniciativa, desde o planejamento inicial no âmbito das secretarias de educação até o seu desenvolvimento nas unidades escolares. Devido à complexidade do Tutoria, foram utilizados diferentes procedimentos metodológicos, entre eles entrevistas com os responsáveis pelo planejamento e execução do Programa nas redes de ensino e com membros das secretarias, tutores, diretores e professores. A pesquisa foi realizada em parceria com a Fundação Carlos Chagas.

Como avaliar o professor? Instrumentos e evidências empíricas

O estudo cataloga, sistematiza e compara instrumentos e métodos de avaliação de professores, que permitem aos profissionais da área analisar e elaborar propostas nesse sentido. Realizado em parceria com pesquisadores da Universidade de Cambridge (Inglaterra), o material contempla uma pesquisa empírica com 236 gestores educacionais, gestores públicos, professores do ensino fundamental e universitário, especialistas em educação, jornalistas e pesquisadores da área educacional.

Profissão Docente

A pesquisa ouviu os professores a respeito da sua formação, do seu trabalho e do que consideram mais importante para a valorização da carreira. Iniciativa do Itaú Social e do Todos Pela Educação, foi realizada pelo Ibope Inteligência em parceria com a Conhecimento Social. O levantamento entrevistou 2.160 docentes da Educação Básica das redes públicas municipais e estaduais e da rede privada de todo o país. A amostra respeitou ainda a proporção de profissionais em cada rede, etapa de ensino e região, segundo os dados do Censo Escolar da Educação Básica (MEC/Inep).

Professores que ensinam matemática: formação, saberes e trabalho docente

Para fornecer subsídios ao aprimoramento dos processos de formação docente e reunir elementos para investigações futuras, a pesquisa explora as atuais demandas formativas na área do ensino de matemática, nos níveis fundamental e médio. O documento descreve e analisa dados sobre a formação docente, bem como a respeito dos perfis profissionais e das necessidades formativas que podem ser inferidas de programas já existentes. O trabalho é uma iniciativa do Itaú Social em parceria com o Centro de Estudos e Pesquisas em Educação, Cultura e Ação Comunitária (Cenpec).

ITAÚ SOCIAL | RELATÓRIO ANUAL 2018
TODOS OS DIREITOS RESERVADOS